Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Guerra, Estratégia e Armas



Terça-feira, 15.05.18

Luta contra o Terrorismo Incendiário

 

António Costa e o Governo não gostam de falar muito. São gestores responsáveis e não comentadores baratos.

Sob a orientação do PM Costa, a Ministra da Justiça tomou uma importante medida, nomeou para o cargo de diretor da Polícia Judiciária o agora ex-diretor da Unidade Nacional Contra Terrorismo.

Ao nomear um especialista em luta contra terrorismo, o Governo dá bem entender que o combate aos fogos não passa em primeiro lugar pela limpeza das florestas e reforços dos bombeiros, mas sim em evitar que os INCENDIÁRIOS - já politicamente motivados por afirmações descabidas do PR e de Rui Rio- lancem fogo à PÀTRIA.

.

Saliente-se também a formação de unidades GIPS de Intervenção e Prevenção contra o fogo que vão patrulhar as zonas mais sensíveis.

Curiosamente, a nomeação de um especialista em na luta contra ações terroristas está a ser muito criticada por comentadores da direita no jornais online, chegando alguns a dizer que se trata de uma ditadura encapotada.

É verdade, a Pátria necessita de uma verdadeira ditadura de combate aos INCENDIÁRIOS incentivados pela direita e por chorudos negócios com aviões, material de combate ao fogo e madeiras.

.

Parabéns pois a todo o Governo e esperemos que novo chefe da PJ se preocupe com o crime e não apenas com novos edifícios e instalações luxuosas. O combate ao terrorismo não se faz em boas secretárias na Rua Gomes Freire, mas sim no TERRENO e quem não quer ir para o teatro de guerra contra o terrorismo que vá para casa dar banho ao gato.

Lamento que não haja em Portugal uma direita patriota que não quer o combate aos INCENDIÁRIOS e vendeu ativos altamente estratégicos da Pátria ao Comunismo Estatal Chinês.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por DD às 22:11

Domingo, 13.05.18

Sanções Loucas do Trump

 

 

 

O General Michem Hayden, ex-diretor da NSA (National Security Agency) e da CIA garante em entrevista à revista alemã "Der Spiegel" que o Irão não possui armamento nuclear nem está a construir, mas poderá fazê-lo a partir de agora.

Segundo o general americano, a maior sumidade americana em investigações militares secretas, Trump deixou-se influenciar por Israel e pelo genro de origem judaica, aceitando as afirmações de Natanayu que podem colocar o Mundo em pé de guerra.

Trump declarou sanções ao Irão que abrangem muito mais que o simples comércio entre o Irão e os EUA.

Tal como fizeram com Cuba, os EUA proíbem a atividade industrial e comercial no seu país a qualquer empresa do Mundo que exporte ou compre a Cuba e, agora, ao Irão.

Assim, se aparecer um VW nas ruas de Teerão, a grande empresa alemã terá de fechar as suas fábricas nos EUA e não venderá um parafuso sequer aos americanos.

As sanções ao Irão são extremamente injustas para não dizer CRIMINOSAS da parte de Trump porque o Irão está altamente interessado em ter uma indústria de bens de consumo e negociar com todo o Mundo, principalmente agora que o barril de petróleo subiu bastante para cima dos 60 dólares.

O Irão tinha contratado a compra de cerca de 200 aviões à Boeing, à Airbus e a outra empresa e negociava o fabrico de automóveis.

Assim, com as sanções fica limitado a negociar com a Rússia que não exporta quase nada para os EUA, mas também não possui uma importante indústria de bens de consumo.

Trump já disse que está contente por fazer vergar a Europa e, em particular, a Alemanha.

A resposta alemã e europeia em geral é deixar de apoiar Israel e não devemos esquecer que os alemães, a troco de uma encomenda de dois submarinos, ofereceram um terceiro muito mais adiantado e destinado a lançar mísseis de cruzeiro com ogivas nucleares tal como fornecem a preço muito baixo os motores dos tanques e outras viaturas israelitas e muita coisa mais.

Israel tem há mais de 20 anos a arma nuclear e os meios para a lançar em toda a zona do Médio Oriente, pelo que está devidamente defendido e os iranianos sabem que nunca poderiam atacar Israel. E se os israelitas acharem que os iranianos estão a construir armas nucleares que façam o mesmo que já fizeram com o Iraque e a Síria quando bombardearam aquilo que poderiam ser o início da construção de centrais nucleares, o que não significa possuir bombas.

A Europa está desarmada, possui apenas uma brigada incompleta por cada 20 milhões de habitantes, pelo que tem de modernizar o seu equipamento, mas à sua custa com material 100% europeu. Claro que a revista "Der Spiegel" diz que os israelitas continuam a fornecer certos equipamentos militares à Europa e a negociar parcerias comuns.

A posição da China e as suas relações com os EUA são desconhecidas ainda. Os chineses têm nos EUA o seu maior mercado, tal como a Coreia do Sul. A única solução para eles é colocar empresas suas, mas disfarçadas na Coreia do Norte que daí exportem para o Irão a troco do seu petróleo. Contudo não sabem se o Trampa não se vai zangar e partir novamente a loiça na península coreana.-

 

Sanções Loucas do Trump

O General Michem Hayden, ex-diretor da NSA (National Security Agency) e da CIA garante em entrevista à revista alemã "Der Spiegel" que o Irão não possui armamento nuclear nem está a construir, mas poderá fazê-lo a partir de agora.

Segundo o general americano, a maior sumidade americana em investigações militares secretas, Trump deixou-se influenciar por Israel e pelo genro de origem judaica, aceitando as afirmações de Natanayu que podem colocar o Mundo em pé de guerra.

Trump declarou sanções ao Irão que abrangem muito mais que o simples comércio entre o Irão e os EUA.

Tal como fizeram com Cuba, os EUA proíbem a atividade industrial e comercial no seu país a qualquer empresa do Mundo que exporte ou compre a Cuba e, agora, ao Irão.

Assim, se aparecer um VW nas ruas de Teerão, a grande empresa alemã terá de fechar as suas fábricas nos EUA e não venderá um parafuso sequer aos americanos.

As sanções ao Irão são extremamente injustas para não dizer CRIMINOSAS da parte de Trump porque o Irão está altamente interessado em ter uma indústria de bens de consumo e negociar com todo o Mundo, principalmente agora que o barril de petróleo subiu bastante para cima dos 60 dólares.

O Irão tinha contratado a compra de cerca de 200 aviões à Boeing, à Airbus e a outra empresa e negociava o fabrico de automóveis.

Assim, com as sanções fica limitado a negociar com a Rússia que não exporta quase nada para os EUA, mas também não possui uma importante indústria de bens de consumo.

Trump já disse que está contente por fazer vergar a Europa e, em particular, a Alemanha.

A resposta alemã e europeia em geral é deixar de apoiar Israel e não devemos esquecer que os alemães, a troco de uma encomenda de dois submarinos, ofereceram um terceiro muito mais adiantado e destinado a lançar mísseis de cruzeiro com ogivas nucleares tal como fornecem a preço muito baixo os motores dos tanques e outras viaturas israelitas e muita coisa mais.

Israel tem há mais de 20 anos a arma nuclear e os meios para a lançar em toda a zona do Médio Oriente, pelo que está devidamente defendido e os iranianos sabem que nunca poderiam atacar Israel. E se os israelitas acharem que os iranianos estão a construir armas nucleares que façam o mesmo que já fizeram com o Iraque e a Síria quando bombardearam aquilo que poderiam ser o início da construção de centrais nucleares, o que não significa possuir bombas.

A Europa está desarmada, possui apenas uma brigada incompleta por cada 20 milhões de habitantes, pelo que tem de modernizar o seu equipamento, mas à sua custa com material 100% europeu. Claro que a revista "Der Spiegel" diz que os israelitas continuam a fornecer certos equipamentos militares à Europa e a negociar parcerias comuns.

A posição da China e as suas relações com os EUA são desconhecidas ainda. Os chineses têm nos EUA o seu maior mercado, tal como a Coreia do Sul. A única solução para eles é colocar empresas suas, mas disfarçadas na Coreia do Norte que daí exportem para o Irão a troco do seu petróleo. Contudo não sabem se o Trampa não se vai zangar e partir novamente a loiça na península coreana.-

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por DD às 21:11


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2018

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031