Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Guerra, Estratégia e Armas



Domingo, 05.04.15

Dieter Dellinger: Combatentes do Califado Islâmico às Portas de Damasco

 

 

Unidades do Estado Islâmico atacaram o campo de refugiados palestinianos e sírios de Jarmuk perto de Damasco, a capital da Síria.

Neste momento travm-se combates ferozes entre palestinianos da PLO e combatentes islâmicos do Califado. Israel deve esfregar as mãos de contentamento por ver dois dos seus inimigos matarem-se uns aos outros.

Também o presidente Assad da Síria deve estar satisfeito porque o campo com os 150 mil refugiados que já teve era um perigo para a sua posição na capital porque muitos dos refugiados estão armados.

Curiosamente, aviões de combate americanos tentaram impedir o avanço dos combatentes islâmicos para o sul, portanto para Damasco, lutando a favor do ditador da Síria que já disse querer falar com o governo americano.

O campo de Jarmuk esteve cercado pelo exército ao serviço de Assad desde 2013 e em 2014, os refugiados palestinianos chegaram a um acordo com Assad para a saída dos rebeldes sírios, o que tem sido feito até agora. Muitos morreram por falta de alimentos e medicamentos.

A provável conquista do campo coloca os jihadistas às portas de Damasco com a possibilidade de assaltarem a capital e tornarem toda a Síria como parte do seu Califado, dado que há algumas zonas dominadas pela Al-Qaeda com a sua afiliada Frente Nusra que quer o mesmo que os jihadistas do Califado, mas estes não querem partilhar o poder seja com quem for.

A tática do Califado é avançar de surpresa para novas zonas ainda pouco defendidas. Ao chegarem a Damasco compensam as derrotas sofridas no Iraque, nomeadamente a perda da cidade de Tikrit.

No aspeto estratégico, a guerra contra toda a gente dos jihadistas leva a uma considerável atrição ou desgaste que é tanto mais grave quanto não possuem ligações a uma potência que forneça munições e material militar para substituir o que se gasta. Uma conquista de surpresa e muito rápida proporciona sempre uma certa quantidade de material apreendido, mas uma guerra defensiva de desgaste não é suportável como se viu em Kobane, Tikrit e em muitas aldeias iraquianas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por DD às 23:49


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930